Ibipitanga Alerta

IBIPITANGA ALERTA

IBIPITANGA ALERTA

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Fugiu para o Brasil, mas foi "apanhado" pelas vítimas no Facebook



João Almeida teria desviado 600 mil euros em Portugal. Fugiu para o Brasil, onde abriu um restaurante, mas denunciou-se na internet

João Almeida, um mediador de seguros que fugira de Portugal há quatro anos, acusado pelo Ministério Público de burla, falsificação, abuso de confiança e de emissão de cheques sem provisão, foi detido no Brasil depois de as vítimas o terem "apanhado" no Facebook.

A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias: o homem, que terá desviado 600 mil euros a clientes e à Zurich, era natural de Cinfães e mediador da seguradora. Angariava contratos de seguros novos mas começou por convencer as vítimas de que a Zurich lançara um plano de investimento com juros a 10% ao ano. O primeiro esquema pô-lo em prática em 2004, com uma tia, que só cinco anos depois percebeu que tinha sido burlada, quando pediu resgate total do dinheiro que tinha investido: 45 mil euros. Todos os documentos que assinara tinham sido forjados, apesar de serem em papel timbrado da Zurich

João Almeida terá fugido para o Brasil em 2012, depois de ter burlado mais clientes recorrendo ao mesmo esquema fraudulento. Houve quem lhe entregasse 150 mil euros.

Em Manaus, montou um restaurante com página na Internet e no Facebook: "Cozinha do Português". Para promover os pratos típicos da gastronomia portuguesa, tornou-se ativo nas redes sociais, tendo sido descoberto pelos clientes que tinha burlado. Foram as vitimas que alertaram as autoridades, que pediram a colaboração da polícia brasileira para deter o suspeito. De acordo com o JN, João Almeida está preso no Departamento Federal do Estado do Amazona e aguarda extradição para Portugal.

GOVERNO DA BAHIA

GOVERNO DA BAHIA