dinheiro-texto

O presidente Michel Temer (PMDB) e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciaram nesta quinta-feira (15) medidas para tentar estimular a economia, o crescimento do emprego e sair da crise.

O pacote inclui estudos para estimular redução de juros do cartão de crédito, aumento da remuneração do FGTS para os trabalhadores e facilidades para pagamento de dívidas de pessoas e empresas. Não foram determinados prazos para que todas as propostas entrem em vigor.

Veja os principais pontos:

  • Estudo para cortar juros de cartão de crédito

  • Regularizar desconto para pagamento à vista

  • Mais rentabilidade para o FGTS (renderia como a poupança)

  • Corte gradual de parte da multa do FGTS paga por empresas em demissões (mas sem afetar os 40% dos trabalhadores)

  • Refinanciamento de dívidas de empresas e pessoas

  • Incentivo ao crédito imobiliário

  • Desburocratização de pagamento de impostos e obrigações trabalhistas (de empresas)

  • Melhora no cadastro de bons pagadores e redução no ganho dos bancos (spread)